3

Voltei...

Queridasss....

Depois de muito tempo estou voltando, espero que para ficar, afinal minha vida está mudando....
Pois é estou gravidíssima de 7 meses  ja.... o tempo que estou sem escrever...
Espero trazer muitas novidades, e também contar da minha pequena Sarah, e da minha vida como ela anda....



Casal mais feliz do mundo, so a espera da pequena Sarah, nosso amor, nossa boneca, nossa princesa....

Beijos e desculpem pela ausência
7

Lavar Roupas!!!

Oie, queridas!!!

     Bom hoje o post é especial para as recém casadas, ou aquelas que estão morando sozinhas, e não sabiam nem ligar uma máquina de lavar, assim como eu, rsrsrs...
     Hoje no Jornal hoje, teve uma matéria super interessante sobre este assunto, dando dicas de como lavar bem as roupas, usando a máquina... Bom muitas pessoas acham que é so jogar na máquina ligar e está ótimo, porém, não é bem assim, eu sou daquelas que quase tudo eu lavo na mão e depois coloco na máquina... E nós sabemos que tem muitas roupas caras, para jogar na máquina lavar e acabar estragando, prefiro "sofrer" um pouquinho... rsrsrs...]
    Bom ai vai o vídeo, espero que gostem e aproveitem...


http://g1.globo.com/jornal-hoje/videos/t/edicoes/v/confira-as-dicas-para-limpar-as-roupas-de-maneira-correta-na-maquina-de-lavar/1835179/



               Beijinhossss e uma ótima quinta-feira!

2

Ciúmes de Você!!!

Oie, queridas!!!
Bom depois de alguns dias sumida... Também é carnaval, fechamento de mês, marido vai viajar... Vixi tanta coisa!!! Mas ca estou eu...

Então vamos falar de um assunto muito importante em relacionamentos, o Ciúme, este que muitas vezes é motivo de separações, motivo das DR constantes, motivos de morte em muitos relacionamentos, como estamos vendo direto em jornais!! Mas como lidar com ele? O que fazer para que ele não prejudique o relacionamento?

Bom para responder um pouco estas dúvidas e perguntas, eu trago um vídeo da Psicóloga que acompanho e admiro tanto, Ligia Guerra.


http://globotv.globo.com/rpc/bom-dia-parana/v/voce-se-morde-de-ciumes/1794775

Eu amei o vídeo e super recomendo!!!

Beijos ótima quarta-feira!!!

8

"Amor bom é amor livre"

Oie, queridas!
   
     Bom hoje em minha passagem pela internet para atualização, vi uma matéria que achei super interessante no yahoo.... Que fala sobre o Amor, pessoas que pensam que Amar é prender, para que nunca fuja, mas temos o exemplo dos animais, sabe aquele bichinho que vive ali preso em uma gaiola, casinha, sozinho, sem amor, quanto abrimos a portinha qual a primeira reação??? Com certeza é fugir...
    E aquele que não foi preso, que foi Amado, que deram um lar para ele e muito muito amor.... o que ele faz??? Ele não embora, ele fica ali, porque é bom ser Amado, para que fugir??
    Então AME NÃO PRENDA!!!!

Mas vamos lá, ao texto que li no Yahoo escrito por "Casal sem Vergonha"


Amor bom é amor livre
Por Casal Sem Vergonha | Yahoo! Brasil – ter, 14 de fev de 2012 19:44 BRST
O ser humano é viciado em posses. Queremos sempre mais – um carro novo, aquela roupa da moda, um tênis que foi lançado, o celular com mais funções. Gostamos da sensação de ter, de possuir. Pior do que se apegar ao material e acreditar que isso realmente é o que importa na vida, é transpor esse desejo para as pessoas. Como se já não bastasse todos os nossos pertences, queremos que o outro nos pertença. Fazemos contrato, adicionamos sobrenome, compramos alianças. Queremos ditar regras na vida do outro, como se ele, do dia pra noite, nos pertencesse. E nos esquecemos que ninguém jamais será propriedade de ninguém.



Contos de fadas da vida real
Arrisco dizer que o ideal do amor romântico é um dos principais culpados pela forma como nos relacionamos hoje. Nos inspiramos em ficção, em poesia, em filmes. E consequentemente, ficamos com uma impressão errada de que, quando encontramos a nossa metade, precisamos prendê-la para que ela não fuja. Transformamos nossos amores em cópias de Rapunzel sem lembrar que existe sempre uma saída, nem que ela seja uma trança jogada pela janela. Engraçado pensar que usamos todos os artifícios que temos em mão para tentar garantir que o outro não se vá, quando jamais deveríamos querer que alguém fique com a gente por dó, pressão ou obrigação. Não existe nada mais lamentável do que ver duas pessoas que continuam juntas e infelizes por estarem amarradas por uma algema invisível. A gente devia se envergonhar disso.

Outro problema freqüente é que, invés de procurarmos um outro inteiro, saímos atrás da nossa metade. E, naturalmente, uma metade não pode viver sem a outra. Então, queremos que o outro se adeque a nossos gostos, ao nosso modelo de vida, às nossas preferências. Mas o fato é que todo mundo é diferente. E se você ama alguém, tem que entender que precisa respeitar a individualidade do outro. O outro não é a sua sombra, não é seu reflexo no espelho. A maior prova de amor que você pode dar a alguém é amá-lo e deixá-lo livre.

Contrato de relacionamento
Poucas coisas no mundo são tão covardes quando querer matar a individualidade do outro. Queremos descaracterizar a vítima para que ela se adeque ao nosso mundo, sendo que, até algum tempo atrás, nada na vida da pessoa tinha alguma conexão com a sua. Estamos cada dia mais querendo dar um jeito para que o outro não se interesse por mais ninguém, que a atenção dele esteja única e exclusivamente voltada para a gente. Isso está destruindo os relacionamentos, está transformando algo que deveria ser leve e delicioso, em algo pesado, um fardo a se carregar.

Não existe nada mais recompensador do que saber que o outro está com você por livre e espontânea vontade. Não porque tem medo ou se sente obrigado. Ele está com você porque te escolheu dentre milhares de outras pessoas. E acreditamos que o relacionamento tem que ser feito de escolhas diárias. Você precisa olhar para o outro todos os dias e pensar: hoje, mais uma vez, eu o escolho. Isso é lindo demais.
Temos que entender de uma vez por todas que a liberdade precisa vir acima do amor. A liberdade é o bem mais precioso que a gente tem e se o amor está de alguma forma privando o outro desse direito, então isso é tudo, menos amor. A liberdade precisa ser um critério na sua vida – qualquer coisa que tenha a intenção de destruir ou se apoderar da sua liberdade, está errado, faz mal.
Outro dia ouvi de um amigo que ele não iria viajar com a galera porque sua namorada não tinha deixado. Ela não queria ir “porque não conhecia ninguém” e, portanto, não deu permissão para que ele fosse. Quando questionei qual o sentido disso ele respondeu: “Fazer o quê? Eu amo essa mulher.” Juro que senti pena dele. Que tipo de amor é esse? Amor que controla, que reprime?
Acredito que isso acontece porque ideias absurdas são colocadas na nossa mente desde que nascemos. Crescemos e aprendemos que na relação precisa haver posse, alianças, contratos e achamos isso tudo normal. Precisamos ter coragem pra limparnossas mentes dos velhos conceitos que nos privam da felicidade verdadeira. Sempre que se deparar com um desses, se questione, pense se aquilo realmente faz algum sentido pra você – ou se só faz sentido para os outros. Se descobrir que aquilo não passa de uma imposição social, amasse os contratos e os rasgue com gosto. Só assim você abre caminho pra felicidade real e abandona de vez os contos de fada.



Beijossss ótima sexta a todos!!!
2

Qual a Influência do tempo na festa??

Oie, queridas!!!

Bom o tempo, o clima é tudo no casamento, principalmente para quem pretende fazer uma festa ao ar livre, pode chover, pode ventar, ficar apenas nublado.... e o que fazer em cada situação destas? Avisar ou não os convidados sobre como será o local do casamento? O que fazer se o tempo mudar na última hora?
Mas em um sábado, assistindo ao Jornal hoje, vi uma matéria especial sobre isto, fala desde o que a noiva fazer, até a decoração e o buffet. Dicas para quem irá casar em área externa, que tipo de vestido usar...
Bom adorei a matéria, e lógico trouxe para minhas noivas, darem uma espiada e já se preparar, afinal quando falamos de tempo fica difícil ter certeza, não é mesmo? E é melhor prevenir do que remediar....

Espero que gostem!!!!




Beijinhossss